• alienados

    A inércia

    Chegámos a uma vergonhosa fronteira há três anos atrás, com a vinda da Troika que, amena e exaltadamente, carregava com ela um pretenso plano salvador da pátria. Esta, segundo dizia o partido que almejava o Governo, estava não de tanga – porque já havia sido dito por outro -, mas praticamente sem ela, ao ponto de […]

  • card_tropa_guerra

    Setembro, há cem anos

    Neste ano de 2014, verifica-se o centenário da mortífera e impiedosa Iª Guerra Mundial. Assim, iremos fazer uma retrospectiva de todos os factos nacionais e internacionais que ocorreram nesse ano, através de um diário de um mestre-escola imaginário que, exerce a sua profissão na terra de Miguel Torga, S. Martinho de Anta, em Trás-os-Montes, no […]

  • huhuhuhuhu

    Um “Super Mário” impotente perante a ordem de “Bowser”

    Mario Draghi, conhecido nos mercados financeiros como “Super Mário”, tem levado a missão de salvar o Euro muito a sério. Voltou a baixar a taxa de juro para mínimos históricos, desta feita para 0,05%. Esta é a resposta do Presidente do BCE à ameaça deflacionária, reflectida no abrandamento da actividade económica da Zona Euro e […]

Artigos

  • Agosto, há cem anos

    Neste ano de 2014, verifica-se o centenário da mortífera e impiedosa Iª Guerra Mundial. Assim, iremos fazer uma retrospectiva de todos os factos nacionais e internacionais que ocorreram nesse ano, […]

    Nunca mais

    Demais foram os medos, letais e fatais. Das madrugadas que tais, foram eternas demais, Todos os ventres conquistados, dos beijos mortais, Emprenhados, estrangulados, virgens cristais. Sombrio ventre audaz do amor […]

    A linha há um século

    No jornal «O ECHO», nº18, de 1 de Abril de 1900, p. 1, que era publicado em Paço de Arcos, podemos ler um artigo que nos dá inúmeras informações sobre […]

    Manifesto anti-J

    As juventudes partidárias já tiveram a sua razão de ser. O contacto dos mais jovens com as questões políticas e com a dinâmica dos partidos que integram justificam a existência […]

  • As verdadeiras contas

    Quando um político na noite de eleições se proclama presidente de todos os portugueses ou primeiro-ministro de todos os portugueses, presumo que pela euforia da vitória não tenha tido tempo […]

    O cínico que não é cínico

    Mas como é que é isto de um cínico que não é cínico? – pergunta o leitor. Eu explico o que quero dizer. Pense num político qualquer, pois ao fim […]